Follow by Email

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Porque não devia doer!

Amar-te é uma dor do passado, mas se amar doeu, seria amar?
Estou certa de que o amor não deve doer, e se doer, que seja de prazer.
Viver-te é uma dor do passado, mas se viver doeu, seria viver-te?
Naquele que foi o passado já nada existe que possa ou o faça mudar...
Mas se viver-te doeu, a única certeza é que não devia doer...




Sem comentários:

Enviar um comentário