Follow by Email

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Cair...

Vivo todos os meus dias a correr, esqueço algumas partes de mim. Choro, rio, sou feliz, sou infeliz.
Nem sempre me foi fácil viver, bem, nem sempre me é fácil viver. Na maioria das vezes escondo-me no que deveria dizer, no que deveria contar.
Já caí (algumas vezes), já levantei (tantas quantas caí), aprendo, vivo. Cair é aprender, aprender a levantar e a viver de novo. Luto todos os dias, contra o que quero, contra o que não quero.
Sou frágil, sou forte... sou guerreira!
Muitas vezes anulo-me, por amor, por compaixão, por amizade. Não consigo viver egoísta, olho em redor... não sou só eu que sofro, outros mais sofrem. Volto a aprender, cresço, vivo, luto.
Já tomei decisões certas, outras erradas, mas nunca me deixei parada... na inércia. Eu quero viver, e nem sempre viver significa ser feliz, mas eu vivo e sorrio, choro, mas acredito...

O melhor está sempre por vir! E o que hoje nos faz chorar, um dia nos fará sorrir!








Sem comentários:

Enviar um comentário