Follow by Email

domingo, 11 de setembro de 2011

Um dia especial!

Hoje e após ter acordado pensei (vai ser um dia como muitos outros que já vivi), saí de casa, fiz o que habitualmente ao Domingo costumo fazer. Mas eis que algo de bom acontece, algo que havia programado, pedido e imaginado há já algum tempo aparece, apesar de o querer muito, nunca o imaginei como algo que precisava, e na realidade após o dia de hoje, vejo o quanto precisava. (Actos 3:1-8).
Por vezes ouço dizer "o tempo de Deus não é o nosso tempo", é verdade, não podemos viver desesperadamente a pensar no que queremos ver realizado em nossas vidas, quando nem sempre o que queremos em nossas vidas, é necessariamente o que precisamos, ouvi hoje estas palavras, e achei que devia reflectir sobre elas.
Aliás, convido-vos a reflectir nestas palavras, pensem em algo que todos os dias anseiam que vos aconteça, e agora fechem os olhos...será que é mesmo disto que eu preciso. Ás vezes são coisas tão simples, tão fáceis e nós...hmm...complicamos e complicamos.
No dia 2 de Julho do corrente ano decidi...aliás não decidi...senti, falaram-me ao ouvido, que algo tinha de mudar na minha vida, e acabei, acabei não...acabamos por tornar esse dia tão especial que o vou viver todos os dias, e então e desde esse dia tem sido um novo caminhar de vontades e de vida. Acabei mais entregue a Deus, a ouvir a palavra de Deus, que me condenem os descrentes, os que vivem na sombra de não saber o que é sentir o seu AMOR.
Voltando ao dia de hoje, o dia em que decidi focalizar, dedicar, entregar, algo que sei fazer, que sonho fazer, a Deus, e lá estarei...na próxima 4º feira a Louvar ao senhor em canto, quem o faz sabe do que falo. É algo único, extraordinário...
Pensem nisto...quantos vezes perdemos tempo a fazer algo ordinário...que nos esquecemos de fazer algo extraordinário...



Sem comentários:

Enviar um comentário